segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

"Eu não nasci de óculos, eu não era assim!"


Óculos nunca interfere seriamente na vida de alguém que possa usar lentes. Não é o meu caso, já testo a 4ª marca e todas me trouxeram algum problema. A última marca testada deixa meus olhos (eu falaria bagos se não fosse tão criticada por isso) doloridos e avermelhados por semanas. Não é fácil!

Monta o cenário: a pessoa no show da Madonna, cai uma chuva torrencial logo após rasgar a sua linda capa de R$4,00, imbuida de um otimismo vindo sabe-se lá de onde de que não mais choveria... o moleton emprestado do amigo, que no inicio quebrou o galho, agora pesa 2 toneladas, encharcado... câimbra, muita câimbra nos braços, depois de 30 minutos de show segurando (tipo cabaninha pros óculos, saca?) o capuz do moleton-camarada que até então salvava as lentes dos respingos... desisto, ao final de cada música, visão turva e lentes ensopadas, procuro um pedaço de roupa seca para enxugar a porcaria dos óculos. Madonna numa ginástica lá em cima, eu noutra ginástica lá embaixo. Cada um no seu quadrado!

Meu reino por um pára-brisas de óculos!

Cena 2: a pessoa, cansada de sua cara quatro olhos, sai pra baladinha semi-cega. Cheia de sombra, lápis, rímel, mas sem enxergar muita coisa. Cinco kiwiroskas depois, acha que precisa retomar o controle da situação e põe os óculos pra pegar o taxi e voltar pra casa. No meio de uma soneca, ouve algo caindo de si, acha que é sonho, e fica por isso mesmo. Dia seguinte: CADÊ OS MEUS ÓCULOS??? E ainda sob o efeitos do kiwi, a criatura quer ligar para os óculos para descobrir onde estão, que tal??

Meu outro reino por um óculos com chip!

Um comentário:

flávia disse...

hahahaha égua maíra talvez eu seja a pessoa que mais te entenda no mundo! já me viste de óculos por aí? não né? mas com certeza eu já devo ter trombado contigo e não falado por não ter te reconhecido. sou muito míope mas nunca ando de óculos por aí. adorei teu blog, nem sabia que tinhas, vou já linkar no meu.
beijossss.